Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus recebe palestra sobre Delta do Parnaíba
Início do conteúdo da página Notícias

Campus recebe palestra sobre Delta do Parnaíba

A palestra foi ministrada por membros do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e contou com a participação de alunos do curso técnico em Meio Ambiente.
  • Com informações do Campus
  • publicado 09/11/2018 13h50
  • última modificação 09/11/2018 13h50

Os estudantes do curso técnico em Meio Ambiente do Campus participaram da palestra.

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Araioses recebeu, no dia 6 de novembro, uma palestra sobre a importância da implementação de Unidades de Conservação para a preservação da biodiversidade ecossistêmica observando as atividades extrativistas e comerciais, dando ênfase à área de proteção ambiental e reserva extrativista da Marinha do Delta do Parnaíba. O objetivo era conhecer as delimitações da área de proteção ambiental do Delta do Parnaíba, elencando as atividades econômicas da região e diagnosticando os conflitos de interesse existentes. Participaram da palestra estudantes do curso técnico em Meio Ambiente do Campus.

Região do Delta do Parnaíba – a região estende-se por uma área de 2.700 km2 (65% pertencente ao Maranhão e 35% ao Piauí), indo de Oeste/Leste, da Barra do Igaraçu/PI à Barra de Tutóia/MA, formando, aproximadamente, 80 ilhas e ilhotas cobertas de florestas tropicais férteis, praias desertas com areias monazíticas, labirintos e igarapés, distribuídos entre as imensas dunas modeladas pelos ventos e as florestas de mangues e carnaubais, que abrigam uma fauna diversificada. Esta área atua como um santuário de reprodução de diversas espécies de peixes, caranguejos, lagostas, camarões e mamíferos (Peixe-boi marinho).

Os municípios de Parnaíba e Luís Correia, no Piauí, Araioses e Tutóia, no Maranhão, possuem suas atividades diretamente ligadas e influenciadas pelo Delta do rio Parnaíba. O delta do rio Parnaíba funciona como estuário, área de reprodução de diversas espécies como o caranguejo-uçá (Ucides cordatus), o Guaiamus (Cardiosomo quanhami), o siri (Callinectes sapidus), o camarão branco (Penaeus shimiti), além de espécies de peixes, répteis e aves que utiliza do Delta na fase reprodutiva e, também, como refúgio.

Visando proteger o ecossistema costeiro formado por mangues e dunas e melhorar a qualidade de vida das populações residentes localizados nos Estados do Maranhão, Piauí e Ceará, encontra-se a Área de Proteção Ambiental (APA) Delta do Parnaíba. A Área de Proteção Ambiental (APA) Delta do Parnaíba foi criada em agosto de 1996, e possui uma área de extensão de 307.590,51 hectares e abrange três estados do Nordeste, Piauí, Maranhão e Ceará. Esta APA abrange 10 municípios: Tutóia, Paulino Neves, Araioses e Água Doce no Maranhão; Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia no Piauí; Chaval e Barroquinha no Ceará.

Localizada na APA Delta do Parnaíba está a Reserva Extrativista Marinha do Delta do Parnaíba (RESEX Marinha do Delta do Parnaíba), que engloba parte dos municípios de Ilha Grande de Santa Isabel (PI), Araioses e Água Doce (MA), com uma área aproximada de 27.022,07 hectares, cujo bioma é caracterizado por marinho costeiro.

A RESEX Marinha do Delta do Parnaíba tem por objetivo garantir a exploração autossustentável e a conservação dos recursos naturais renováveis tradicionalmente utilizados pela população extrativista da área, conforme decreto de 16 de novembro de 2000.

Fim do conteúdo da página